Monitoramento do COI ajuda na localização de veículos roubados

A segunda fase do Centro de Operações Integradas (COI), entregue pelo prefeito Rogério Lins já comprovou que ajudará nos trabalhos das polícias Civil e Militar e da Guarda Civil Municipal. Na primeira semana de funcionamento foram localizados três veículos com registros de furto ou roubo.

Na manhã desta quinta-feira (16), os agentes do COI monitoravam um veículo Sandero, furtado em 7/5. Equipes da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) fizeram a interceptação do veículo, a partir do acionamento do COI. Mas não é só isso. O sistema de monitoramento por câmeras em Osasco conta com o Sistema Integrador, um poderoso software que integra a atuação da Guarda Civil Municipal, do Departamento de Trânsito, da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com “cercamento eletrônico” nas principais entradas e saídas do município, câmeras de monitoramento de alta capacidade e semáforos inteligentes em pontos estratégicos, central semafórica em tempo real nos cruzamentos, radiocomunicação digital para todos os agentes de campo e viaturas, solução de rastreamento e gestão de viaturas, sistema de atendimento e despacho de ocorrências, entre outros, permitindo coordenar a atuação das forças de emergências para atendimento às ocorrências, com regras automatizadas e com baixa interferência humana.

O sistema permite uma visão 360º da cidade, com gestão mais eficiente e melhoria considerável em segurança pública e mobilidade. A inteligência na segurança pública, por meio de câmeras de monitoramento, é uma importante ferramenta no combate à criminalidade.

“Com a criação do COI e toda a tecnologia aplicada na operação, Osasco estará preparada para a prevenção e repressão da criminalidade, na atuação eficiente em casos de incidentes, na prestação de serviços emergenciais e na mobilidade urbana sustentável”, disse o prefeito, Rogério Lins.

PARCERIA

As imagens captadas pelas câmeras de monitoramento contribuem para os trabalhos de investigação e também para traçar as ações de policiamento ostensivo e preventivo. De acordo com o secretário de Segurança e Controle Urbano, José Virgolino, há uma parceria com as polícias Civil e Militar, que já lançaram mão das imagens do COI para esclarecer ocorrências.

“As polícias são parcerias e têm total acesso às informações. Temos muito material que contribui e facilita o trabalho das polícias nas ruas”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.