Mulher tenta entrar em presídio de Osasco com celular introduzido nas partes íntimas

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último sábado, 29 de junho, uma visitante, irmã de detento, foi flagrada tentando entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) “Éderson Vieira de Jesus” de Osasco, com um aparelho celular introduzido na genitália. Ela foi flagrada no momento em que se submetia ao procedimento de revista mecânica (escâner corporal). A mulher foi encaminhada à uma sala reservada e retirou, voluntariamente, o invólucro escondido.

O boletim de ocorrência foi registrado no 5º Distrito Policial de Osasco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.