Evento que causou acidente com prefeito e primeira-dama de Osasco tem AVCB cassado

O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB)  do “Arraiá do Servidô” de Osasco foi cassado nesta terça-feira (16), conforme informações publicadas no Diário Oficial. Durante a realização do evento, no último dia 28, na Arena Vip, no Jardim das Flores,  o prefeito Rogério Lins e a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, sofreram queimaduras de primeiro e segundo grau ao acender a fogueira que explodiu.

Segundo o documento do Corpo de Bombeiros, dois autos foram cassados: o referente ao parque de diversões que foi montado no espaço da festa e o da Arena Vip, que abrangia o evento de maneira geral.

A corporação alega diversas irregularidades para a cassação das licenças, como:

  • Falta de extintores suficientes conforme o projeto técnico
  • Não instalação de extintores e sinalização de emergência
  • Obstrução da rota de fuga pela montagem de um parque, além de não haver saídas suficientes para o escoamento seguro do público presente
  • Acesso ao evento ser feito pela rota de fuga
  • Falta de controle de acesso de público

O comunicado ainda informa que o escritório Petro Engenharia ingressou com um Formulário de Atendimento Técnico de protocolo, buscando a reconsideração do ato, o que foi negado pelos bombeiros.

Quando o AVCB é cassado, os bombeiros informam à Prefeitura que o local não tem o auto de vistoria e, a partir desse momento, cabe ao poder Executivo decidir qual a melhor maneira de seguir com o processo.

Sem o AVCB, os bombeiros podem aplicar multa caso haja um evento no local. O valor é dobrado em caso de reincidência.

Fonte: G1/ Rede Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *