Novo coronavírus: Câmara de Barueri suspende atividades por 15 dias

Mesa Diretora da Casa determinou fechamento completo do prédio para evitar disseminação do vírus causador da Covid-19

A Câmara de Barueri estará fechada por 15 dias desde o último sábado, 21. A medida foi anunciada pela Mesa Diretora da Casa, atendendo ao decreto estadual publicado pelo governador João Dória e ao decreto municipal expedido pelo prefeito de Barueri, Rubens Furlan, tendo em vista o avanço da pandemia do novo coronavírus no município.

Com isso, atividades administrativas e legislativas da Casa serão desempenhadas pelos servidores sob o regime de teletrabalho (homework). A Diretoria de Tecnologia da Informação da Casa está trabalhando para criar ferramentas que permitam a realização remotamente da maior parte possível dos trabalhos dos servidores.

Na decisão de sábado, o órgão também determinou a criação de um comitê interno de monitoramento da situação, que fará reuniões virtuais periodicamente para reavaliar a situação da pandemia. As sessões ordinárias previstas para os dias 24 e 31 de março estão temporariamente suspensas, podendo haver convocação extraordinária a qualquer momento caso seja necessário.

Atendimento à população

Na segunda-feira, 16, a Mesa Diretora já havia determinado preventivamente o fechamento do edifício-sede da Câmara para o público em geral, ficando a circulação de pessoas no Parlamento 26 de Março restrita apenas a servidores e vereadores. Na ocasião, foram colocados em regime de teletrabalho (homework) os servidores idosos e imunossuprimidos, que estão no grupo de risco e mais suscetíveis a desenvolverem quadros mais graves da Covid-19.

Desde então, o atendimento dos vereadores à população segue sendo feito por meios eletrônicos, como e-mail, redes sociais e aplicativos de mensagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *