Osasquense conquista título de mestre internacional

A enxadrista osasquense Júlia Alboredo conquistou domingo, 9/1, a terceira e definitiva norma para se tornar mestre internacional. A cerimônia que deu a ela o título aconteceu no Torneio de Roquetas, na Espanha. Com isso, passa a ser a 12ª enxadrista brasileira a conseguir a distinção vitalícia. 

Júlia treina na Escola de Xadrez França Garcia e compete pela Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer da Prefeitura de Osasco. Ela é contemplada com a Bolsa Atleta.   

Para atingir tal feto, a enxadrista cumpriu todos os requisitos e fez 5 pontos em 9 possíveis. Ela jogou contra outras quatro oponentes de países diferentes e teve performance acima de 2.350 pontos de rating Fide. 

De quebra, conquistou também a primeira norma para se tornar grande mestre internacional feminina. Com mais duas, pode ser a primeira a conquistar o título de grande mestre na história do xadrez feminino brasileiro. 

O talento de Júlia vem de família e remonta a seus bisavôs. O pai, Ricardo Alboredo, quando morava no bairro do Piratininga ensinou os primeiros passos de xadrez à filha, que logo se encantou pelo jogo e passou a participar de competições escolares. Em seguida, passou a treinar com o professor Antônio Resende, mestre internacional, no período do ensino fundamental.  

A partir do ensino médio e na idade adulta, teve outros bons professores, como os mestres internacionais de Osasco, Renato Quintiliano, e Jefferson Pelikian, este último o seu atual treinador.  

Os títulos foram se acumulando e hoje, aos 24 anos, Julia se tornou a melhor enxadrista do Brasil. Para citar algumas de suas conquistas recentes, no ano passado disputou a Copa do Mundo, na Rússia, sagrou bicampeã brasileira universitária, campeã panamericana universitária e campeã brasileira adulta. Como se não bastasse, é peça chave na equipe olímpica do país. 

“Acreditamos que estimular a participação das mulheres em diferentes atividades é uma das prioridades da sociedade atual. Nós nos sentimos honrados em poder divulgar esse projeto e gostaríamos de vê-lo crescer no âmbito municipal, para que em curto espaço de tempo possa se espraiar em Osasco e para a outras localidades de São Paulo e do Brasil”, disse Wagner Madeira, mestre Fide osasquense. 

“A Julia é brilhante. Segue levando o nome de Osasco para o mundo. O título de Mestre Internacional é mais que merecido. É questão de tempo até conquistar o de Grande Mestre”, reforçou o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.