Cobras mantidas em cativeiro são resgatadas pela Polícia Ambiental de Osasco

A Polícia Civil Ambiental de Osasco, com o apoio do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal, órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, apreendeu 32 cobras na quinta-feira (4). A ação ocorreu no bairro Santa Maria.

Ao chegar no local, constatou-se que, além da área ser imprópria para o convívio das cobras, o proprietário não possuía notas fiscais nem os registros do Ibama, o que é necessário para manter um animal silvestre, conforme a lei ambiental nº118/97.

Posteriormente foi realizada a identificação e o manejo das cobras, detectando-se as espécies Corn Snake e Jiboia. O proprietário dos animais foi encaminhado para a Delegacia de Investigações contra crimes ambientais de Osasco, onde será aberto inquérito para a apuração do caso.

O Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal de Osasco vem atuando firmemente no combate ao tráfico de animais silvestres e realizou nos últimos meses diversas ações contra esse tipo de crime ambiental. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.