Índices atestam que Barueri está mais segura

Divulgado recentemente pelo Instituto Sou da Paz, o Índice de Exposição à Criminalidade Violenta (IECV) mostrou que, de 2017 para 2018, o município de Barueri reduziu em 42,9% a possibilidade de seu cidadão ser vítima de um crime violento.
Já de acordo com dados da SSP-SP, Barueri apresentou, em 2018, a menor taxa de homicídios da sua história. O índice também é o segundo menor entre os 39 municípios da região metropolitana de São Paulo, ficando atrás apenas de São Caetano do Sul.
Esses resultados são frutos do trabalho ostensivo que a Guarda Civil Municipal realiza pela cidade. E mais: são frutos de ações preventivas e de inteligência da corporação.
Barueri tem uma rede com cerca de 350 km de fibra ótica que interliga 380 câmeras de monitoramento. Posicionadas em pontos estratégicos da cidade, os equipamentos produzem imagens que alimentam, 24 horas por dia, a Central de Videomonitoramento instalada na Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, responsável pela Guarda Municipal.
Este policiamento preventivo dá resultados. Em três anos, ou seja, desde quando a rede foi ampliada e aperfeiçoada, o número de crimes como homicídios, furtos, roubos e veículos subtraídos caiu 20% em Barueri, conforme dados da SSP-SP sobre os primeiros trimestres de 2016 e 2019.

Escola Mais Segura
“Escola Mais Segura” é a mais nova ação permanente criada pela Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri, que, a partir de agora, passa a integrar a rotina da Guarda Civil. A ação abrange as mais de 100 escolas da rede municipal, oferecendo um ambiente mais protegido.
“Montamos na Guarda Municipal uma sala de videomonitoramento destinada exclusivamente às escolas, com uma equipe especializada acompanhando tudo em tempo real”, salienta o prefeito de Barueri, Rubens Furlan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.