Itapevi retoma coleta de lixo e deve normalizar serviço em 20 dias

A empresa Consita, do grupo SUMA, foi a vencedora do chamamento emergencial aberto pela Prefeitura de Itapevi na quinta-feira (6). O contrato foi assinado na noite desta sexta (7) e os trabalhos foram iniciados neste sábado.

A Prefeitura realizou chamamento em caráter emergencial após a concessionária de limpeza Enob Ambiental – Eco Ita ter rompido unilateralmente o contrato, quando, na noite da quarta-feira (5) retirou caminhões e equipamentos da cidade.

Participaram da disputa quatro empresas e a vencedora apresentou proposta no valor de aproximadamente R$ 300 mil a menor do que estava sendo pago pela Prefeitura. O grupo SUMA detém grande parte do mercado de coleta de lixo em Portugal e tem expressiva atuação na Europa. No Brasil, atende Belo Horizonte, São Paulo e Brasília. Os serviços devem ser realizados com melhor qualidade e com um preço ainda menor para o município em relação ao contrato anterior. “Vamos economizar cerca de R$ 300 mil a R$ 400 mil por mês. O equivalente a uma economia de quase R$ 4 milhões ao ano”, destacou o prefeito Igor Soares.

Já na manhã deste sábado (8), o grupo SUMA iniciou os trabalhos de limpeza na cidade com quatro caminhões de coleta e até domingo estará com dez veículos na operação. 
Representantes da empresa se comprometeram a apresentar a frota completa para atender exclusivamente a cidade de Itapevi em até 20 dias. Durante este tempo, o prefeito conta com a colaboração de todos os moradores. “Mais uma vez, peço a compreensão de toda a população. Há muito lixo nas ruas e levaremos alguns dias para regularizar tudo”, afirmou.

Funcionários antigos
A pedido do prefeito Igor Soares, o grupo SUMA também se comprometeu a contratar os funcionários da antiga empresa. “Não podíamos deixar estes profissionais tão valorosos desamparados e, por isso, tivemos esta preocupação”, disse o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *