Tramontina participa de construção coletiva de hortas em Centro de Reabilitação de Osasco

Mexer na terra, sentir cheiros e texturas, preparar o canteiro, escolher o que e onde plantar, acompanhar e participar do processo de cultivo, cuidados e crescimento. Assim no último dia 26, no Centro Especializado em Reabilitação (CER) II Edmundo Burjato, em Osasco. A instituição que hoje atende 200 jovens e adultos com necessidades especiais recebeu da Tramontina ferramentas e oficinas para criação de horta comunitária. A ação faz parte do Projeto Ferramentas que Fazem, que pelo terceiro ano, estimula iniciativas sociais como forma de transformação, protagonismo e autonomia através da natureza.

Foram os próprios integrantes do CER que colocaram a mão na massa. Na oficina de meio ambiente, a atividade propiciou o trabalho coletivo para que cada um pudesse experimentar, respeitando suas especificidades e ritmo. A ação também estimula o reconhecimento das plantas e a relação com a alimentação no dia-a-dia. Depois de plantar e colher, entram as oficinas de culinária com receitas saudáveis: saladas de frutas, sucos naturais, chás, que vão além do aprendizado, proporcionando a partilha e convivência ao redor da mesa.

“É também nesse processo que aprendemos a lidar com sentimentos como a frustração: tem semente que vinga, outra não. De espera e paciência. De cuidar e respeitar os seres vivos. Do compartilhamento: de saberes, de trabalho coletivo, de risadas. De entender os ciclos: da planta que cresce, dá flores, frutos, sementes e morre espalhando novas sementes por aí. Das folhas que caem das árvores, decompõe e viram adubo. Da água, que evapora e chove. Da Lua que influencia os momentos de plantio, poda, colheita. E, principalmente, dos nossos próprios ciclos e relações com o entorno.” — Thaiza Pedroso, educadora ambiental da CECCO Osasco

O que é um CER e como atua?

A Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência é um conjunto de benefícios garantidos pelo SUS que tem o objetivo de ampliar e qualificar o atendimento às pessoas com deficiências, garantindo atendimento integral para promoção, prevenção, reabilitação, estimulação precoce, reinserção social e oferecimento de órteses e próteses. Grande parte desse atendimento se dá nos Centros Especializados em Reabilitação, os CER, que promovem uma série de acompanhamentos de acordo com as necessidades de cada pessoa. Os Centros Especializados em Reabilitação são verdadeiros pontos de referência para a Rede de Atenção, com a finalidade de realizar diagnósticos e tratamentos, promovendo atividades interdisciplinares e com o envolvimento direto de profissionais, cuidadores e familiares nos processos de cuidado. Cada indivíduo recebe acompanhamento a partir das suas necessidades particulares, sendo acolhido no CER por uma equipe multidisciplinar, que elabora um plano terapêutico a fim de proporcionar uma melhor qualidade de vida.

Sobre o projeto Ferramentas que Fazem, da Tramontina

O projeto nasceu em 2017, com o objetivo de impulsionar iniciativas que fazem bonito pelo Brasil. A primeira ação aconteceu em parceria com o coletivo Horteria, com a revitalização de horta no Pão dos Pobres – centro de educação para jovens em vulnerabilidade social em Porto Alegre/RS. Na sequência, a ação com o coletivo Raiz Urbana permitiu a manutenção de horta educativa na Escola Municipal de Ensino Fundamental Timbaúva, também na capital gaúcha. Em 2018, o projeto alcançou São Paulo, com uma casa reformada em parceria com a Moradigna. Com o Pé de Feijão, foi possível a revitalização de uma horta empresarial. Ainda em 2018, a parceria com Novas Árvores por Aí resultou em dezenas de novas árvores para compor a paisagem urbana da cidade em um mutirão no Parque Ecológico Candido Portinari. Para saber mais sobre as últimas ações, acesse: Ferramentas que Fazem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.