Rogério Lins retorna às atividades na Prefeitura de Osasco

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, retornou ao expediente na manhã desta segunda-feira (22). Logo cedo, dezenas de servidores público o aguardavam em frente ao saguão do Paço Municipal. O prefeito também se reuniu com a imprensa.

Sobre o tratamento médico, Rogério Lins informou que a principal restrição é evitar a luz solar e amarela, da qual deve manter uma distância de um metro, por conta da pele que está sensível, em processo de renovação, e precisa ter esses cuidados para não ficar com manchas e cicatrizes. “O sol pode causar um dano irreversível. Então as minhas atividades externas vistoriando bairros ou mesmo para a prática de atividades físicas, eu vou ter que segurar um pouco. E terei que usar bastante protetor solar e cuidar da hidratação, essas são as restrições”, revelou.

Sobre o período no hospital, o prefeito foi enfático que não teve tempo perdido. “Despachei de casa tocando as pautas prioritárias, como a finalização dos projetos do Bilhete Único e do primeiro Hospital da Criança. Entregamos no dia 19/7 a reforma e modernização do Centro Cirúrgico do Hospital Municipal Antônio Giglio. Enfim, meus secretários me surpreenderam positivamente neste período, não teve pauta encaminhada para eles e suas equipes que não foi resolvida”, comentou.

Rogério aproveitou a ocasião para compartilhar as novidades. “Nos próximos 30 a 40 dias teremos muitos avanços. Vamos entregar a UTI Pediátrica no Hospital Municipal Antônio Giglio que é um compromisso de governo. Vamos ter novidades, inclusive, nas áreas de esporte e educação. Na saúde teremos a entrega, ainda esse ano, das várias Unidades Básicas de Saúde que estão em reforma. Ou seja, teremos bastante coisa boa para a cidade: o Hospital da Criança; o Bilhete Único, a creche Mundo da Criança da zona Norte, entre outras obras”, anunciou.

Lins explicou que uma vez por semana ele e a primeira-dama têm que passar em consulta com o Dr. Hugo Gregorios, que os atendeu, e que há 20 anos atua no Hospital Municipal Antônio Giglio, para avaliação.  “O enxerto na minha esposa foi bem-sucedido. Findado os próximos 7 a 10 dias de reclusão, ela retoma as atividades”, informou.

Sobre a explosão ter sido intencional, o prefeito diz não ter pensado ainda no assunto. “Não parei para pensar nisso. Meu foco foi a minha recuperação e de minha esposa. Logo vou me reunir com o secretário de Segurança, José Virgulino, e daí vamos estudar os detalhes. É óbvio que isso é importante, mas repito, estou feliz por estarmos vivos. Não acredito nessa possibilidade. Prefiro acreditar que as pessoas têm coração bom, que o ser humano ama o seu próximo acima de todas as coisas. Acredito que foi um acidente e que tínhamos que passar por isso. Acabou sendo um aprendizado. Graças a Deus minhas filhas não estavam conosco no momento da explosão e estão bem”, confessou.

 “A queimadura não é só dor física, ela é espiritual. Se você tiver a mente sã, se estiver fortalecido espiritualmente, você supera mais rapidamente. Sou um cara muito fortalecido na minha fé, consigo ter um controle emocional satisfatório e tudo o que passamos me ajudou a encarar isso com normalidade. Vou encarar as cicatrizes como marca de inspiração e superação. Continuo aqui, firme e forte para trabalhar ainda mais para a nossa cidade. Agradeço todo carinho recebido das pessoas, as orações e mensagens de fé, tanto nas redes sociais, como pessoalmente. Vou retribuir a vocês trabalhando ainda mais  por Osasco”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *