No retorno das sessões, vereadores recebem projeto do “bilhete único”

Após o Recesso Legislativo, a Câmara Municipal de Osasco retomou as sessões ordinárias na tarde desta terça-feira (6), com casa cheia e a presença do Prefeito Rogério Lins (PODE). Ele fez uma entrega simbólica de um projeto de lei que institui o bilhete único em Osasco.
A expectativa é que o projeto seja votado até o final do ano, garantindo aos usuários do transporte público a circulação entre vários pontos da cidade com o pagamento de tarifa única.
“O bilhete único é um ganho para a cidade de Osasco, que vai começar a ter um transporte público mais acessível e mais barato”, explicou.
Lins aproveitou a presença na Câmara para prestar contas do trabalho à frente do Poder Executivo municipal, destacando ações nas áreas de segurança pública, habitação e manutenção urbana.
O prefeito também falou sobre os investimentos previstos para os próximos 12 meses, entre eles, a aplicação de R$ 30 milhões em obras de iluminação pública com lâmpadas LED, atingindo 70% das vias públicas da cidade.

Obras do Novo Fórum
O Presidente da Câmara, Vereador Ribamar Silva, anunciou a intenção do Poder Legislativo osasquense em colaborar com a retomada das obras de construção do novo prédio do fórum local.
O parlamentar explicou que a Câmara faz a devolução das verbas que não foram utilizadas, nos termos da legislação vigente. A ideia é direcionar um montante para a conclusão das obras do fórum.
“Em nome do Poder Legislativo, nossa intenção é destinar R$ 5 milhões para a obra de reconstrução do fórum da Comarca de Osasco”, justificou Ribamar.
O diretor do Fórum de Osasco, Samuel Karasin, agradeceu aos vereadores pela disponibilidade em colaborar com as obras do novo fórum. “Fico entusiasmado quando a Câmara contribui para que isso aconteça”, disse.
Karasin enalteceu a união de forças entre os poderes públicos e a população para que a obra do fórum possa ser concluída, classificando a iniciativa como algo inédito.
As obras do novo fórum de Osasco estão paralisadas desde 2015. O projeto teve início há 25 anos, com a doação de um terreno no bairro Jardim das Flores. No início deste ano, o Poder Executivo municipal anunciou investimentos da ordem de R$ 30 milhões para serem injetados nas obras.
A edificação foi projetada para atender as necessidades da população osasquense, que segundo Karasin hoje enfrenta dificuldades de atendimento, devido as instalações inadequadas do atual fórum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *