“O Santo e a Porca”, de Ariano Suassuna, terá leitura dramática nesta quarta-feira, dia 04

Os alunos do curso de Teatro das Oficinas de Artes da Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri não pararam de produzir mesmo durante a pandemia. Na próxima quarta-feira, dia 04, às 19h, eles apresentam a leitura dramática da peça “O Santo e a Porca”, de Ariano Suassuna (1927-2014). A transmissão será feita pelas mídias sociais da Cultura Barueri Oficial no Facebook e no Instagram.

“Desde março do ano passado, quando começou a pandemia, cada um em sua casa, estudamos a vida de Ariano Suassuna e discutíamos, por via remota, cada capítulo do livro “ABC de Ariano Suassuna”, de Bráulio Tavares. Depois começamos a ler as obras e a turma decidiu montar “O Santo e a Porca”, relatou Nana Pequini, professora do curso de Teatro.

Por não poder dar vida à peça no palco, os alunos resolveram fazer a montagem on-line na forma de leitura dramática. “O texto de Ariano Suassuna é divertido, vale a pena ser lido para o público em geral”, destaca Nana.

Ariano Suassuna é um dos grandes nomes da cultura nacional de temática nordestina. O escritor, dramaturgo e poeta fundou o Movimento Armorial nos anos 1970, que tinha como objetivo utilizar a cultura popular para formar uma arte erudita.

Além de teatrólogo, Suassuna foi professor, romancista, advogado, secretário de Cultura de Pernambuco (1994-1998) e fez parte da assessoria do então governador Eduardo Campos (1965-2014), até abril de 2014.  É autor de obras consagradas como “Auto da Compadecida” e “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”.

A leitura dramática de “O Santo e a Porca” é dirigida pela professora Nana Pequini e realizada pelo grupo de alunos composto por Bruna Vieira, Artur Henrique, Igor Moura, Rafael Azad, Júlia Sampaio, Jhonatan Melo e Gabi Aparecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em que podemos lhe ajudar?