Cetas realiza soltura de animais em Caraguatatuba

Na quinta-feira (21), o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), mantido pela Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema), realizou a soltura de animais em Caraguatatuba, município localizado no litoral paulista. Essa ação faz parte do trabalho de recebimento, tratamento, preparação e devolução de espécies silvestres aos locais de onde são nativos. 

Foram 80 aves soltas, dentre eles Sporophilas, tiê-sangue, trinca-ferro, bico-de-pimenta, sanhaços, periquitão-maracanã, maitaca verde e periquito-rico. Eles deram entrada no Cetas vítimas de tráfico e de entrega voluntária e permaneceram, em média, quatro meses em recuperação até alçarem à liberdade ontem.

Para o secretário de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri, Marco Antônio de Oliveira (Bidu), a soltura dos animais faz parte da atuação do Cetas, evitando o desequilíbrio no meio ambiente. “O nosso trabalho é fazer com que esses animais silvestres retornem ao seu habitat, reparando o que o tráfico e a posse ilegal causam a eles, trazendo harmonia à fauna de diversas regiões”, explica.

Novas solturas estão previstas até o final de julho. Ao longo do mês serão cerca de 200 em diversas localidades. Por motivo de segurança dos animais e da equipe do Cetas, os pontos exatos de soltura não são revelados. 

A unidade está passando por reformas,  que serão muito benéficas, ampliando a capacidade do local para recebimento de espécies. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.