Ecos do massacre de Suzano

João Doria anunciou nesta quinta-feira (14) que o governo de São Paulo vai pagar uma indenização de aproximadamente R$ 100 mil para cada família de alunos e funcionários mortos na Escola Estadual Professor Raul Brasil. O crime ocorreu na quarta-feira (13), em Suzano, e deixou 10 vítimas.

A previsão é de que os familiares dos cinco alunos e das duas funcionárias que faleceram durante o atentado recebam a quantia em até 30 dias. Caso concordem em receber o valor, as famílias terão que assinar um documento se comprometendo a não acionar o governo de São Paulo judicialmente. O benefício não se estende aos dois assassinos, que cometerem suicídio no local.

Segundo o governador João Doria, a atitude é um gesto de solidariedade às famílias das vítimas.

“Sei que esta medida não traz de volta a vida destas pessoas, mas é um gesto de solidariedade e uma atitude do governo de São Paulo às famílias que já estão machucadas e profundamente sensibilizadas com a perda dos seus entes queridos”, afirmou.

O decreto que autoriza o repasse dos valores deverá ser publicado no Diário Oficial nesta sexta-feira (15). O velório das sete vítimas ocorreu nesta quinta em um ginásio da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *