Greve na Educação mobiliza professores e estudantes em todo país e novo ato está previsto para 15 de junho

Nesta quarta-feira (15), milhares de estudantes e professores em todo o Brasil participam do Dia Nacional de Greve na Educação, contra o corte de verbas anunciado pelo Governo Federal. A Avenida Paulista, na Capital, foi tomada por grupos  de diversas cidades de São Paulo e representantes das centrais sindicais, inclusive professores e estudantes de entidades privadas, que uniram forças pelas Educação.

Em Osasco, segundo Fernanda Cristina dos Santos, diretora da APOS (Associação dos Professores de Osasco), a paralisação foi parcial e atingiu algumas escolas da rede municipal. Os números oficiais ainda estão sendo levantados pela entidade, que também está discutindo com a gestão municipal a situação da Educação em nível local. “Fizemos manifestação no Largo de Osasco e, de lá, seguimos para a Paulista. O ato foi positivo e não esperávamos tanta participação como houve”, afirmou a diretora da APOS.

Osasco marcou presença na manifestação desta quarta-feira (15)

Escolas do Estado na região ficaram sem aulas na quarta-feira e alguns colégios e faculdades particulares também apoiaram a mobilização.

A situação segue normalizada desde quinta-feira (16)  e as aulas foram retomadas em todas as escolas da região. 

Uma nova greve na Educação está prevista para o próximo dia 15 de junho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.