Governo de SP reduz ICMS do gás de cozinha

Medida, que impacta diretamente famílias de baixa renda,deve representar queda de R$ 3,38 no preço do botijão de 13 kg

O Governo do Estado de São Paulo reduziu a base de cálculo do ICMS na comercialização de gás de cozinha (GLP) no sábado (2). Com respaldo no Convênio ICMS 82/2022, o valor do imposto incidente no botijão de 13 kg diminui de R$ 13,30 para R$ 9,92.

A decisão deve representar uma queda de R$ 3,38 no preço médio por botijão de 13 kg, se toda a redução for repassada pelas distribuidoras na venda ao consumidor final.

O impacto correspondente na receita de ICMS alcançará R$ 853 milhões em valores anualizados. Trata-se de mais um esforço do Governo do Estado de São Paulo para minimizar os efeitos da inflação, que afeta diretamente o bolso das famílias de baixa renda.

A medida se soma à redução na alíquota do ICMS na gasolina de 25% para 18%, anunciada no início da semana. Também foram reduzidos de 25% para 18%, desde 23 de junho, o ICMS em operações com energia elétrica, em relação à conta residencial que apresente consumo mensal acima de 200 kWh, e de serviços de comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.