Itapevi recebe mais 500 bolsistas do Programa Bolsa Trabalho

Ao todo, são 1.030 selecionados que já estão trabalhando nos órgãos municipais e reforçarão atendimento ao público

Nesta segunda-feira (1), a Prefeitura de Itapevi recebeu mais 500 bolsistas inscritos no Programa Bolsa Trabalho, iniciativa que acontece em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Os selecionados estão sendo direcionados aos seus respectivos setores técnicos e começaram a trabalhar de imediato nas mais diversas atividades dentro dos órgãos públicos municipais. O evento de recepção aos bolsistas aconteceu na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, na Vila Nova Itapevi.

No dia 18 de julho, a Prefeitura já havia recebido 530 bolsistas inscritos no programa. Ao todo, são 1.030 inscritos. Os bolsistas irão receber R$540 mensais, por quatro horas diárias trabalhadas, cinco dias por semana, por até cinco meses consecutivos.

Após a recepção, os integrantes do programa participaram de uma palestra com Fernando Queiroz, do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), sobre Inteligência Emocional.

O Programa

O Bolsa Trabalho tem como objetivo gerar renda, ocupação, qualificação e empregabilidade para a população mais vulnerável.

Além das quatro horas diárias de trabalho, os bolsistas do Programa Bolsa Trabalho farão cursos profissionalizantes virtuais da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com duração de 80 horas: Auxiliar de Controle de Produção e Estoque; Gestão Administrativa; Gestão de Pessoas; Organização de Eventos; Rotinas e Serviços Administrativos e Secretariado e Recepção.

Os participantes receberão ainda apoio à empregabilidade no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Itapevi.

Os selecionados atendem parâmetros do questionário socioeconômico, com priorizações de mulheres arrimo de família, maiores encargos familiares, tempo de desemprego e maior idade.

Em 2021, o Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego passou a integrar o programa Bolsa do Povo denominado Bolsa-Trabalho, que concentra a gestão dos benefícios, ações e projetos, com ou sem transferência de renda, instituídos para atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social no estado de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.