Para o vereador De Paula, Câmara de Osasco tem avaliação positiva

Em meio ao recesso parlamentar de julho, o vereador De Paula (PSDB) fez um balanço dos trabalhos na Câmara Municipal no primeiro semestre de 2019. O tucano avalia como “positivo” tudo que foi desenvolvido ao longo dos últimos seis meses, mas pondera que a Casa ainda pode evoluir com a reforma no Regimento Interno que deve, dentre outras coisas, acelerar a votação de projetos importantes para a cidade.

Eleito presidente da comissão de Obras, De Paula explica que, ao longo do semestre, vistoriou, pessoalmente, projetos em andamento na cidade. “Essa é uma das atribuições do presidente desta comissão, mas que nem sempre foi realizada. O trabalho do vereador não deve ficar restrito às sessões ou à simples presença na Casa. As ruas podem e devem ser nosso local de trabalho”, explica. Como membro da comissão de Educação, o parlamentar lembra que participou de reuniões com os secretários municipais da Educação, de Esporte e de Cultura.

“Acompanhamos de perto os projetos que estão sendo desenvolvidos nestes dois setores para sabermos como nossos jovens estão sendo tratados tanto dentro das escolas quanto nas praças esportivas e culturais existentes em Osasco”, afirma.

De Paula também analisa como positiva as atividades desenvolvidas em plenário, mas diz ver com bons olhos as alterações propostas no Regimento Interno que, segundo ele, devem, dentre outras coisas, acelerar as votações de projetos. Uma das mudanças previstas é diminuir o número de moções apresentadas ao longo das sessões ordinárias.

“Temos nos esforçado bastante para votar propostas importantes para o nosso município, mas ao longo deste mandato percebemos que o excesso de moções tem prejudicado o ritmo de trabalho. Isso sempre foi motivo de discussão entre nós vereadores, mas neste primeiro semestre fugiu um pouco do controle. Sou favorável à diminuição no número de moções, assim teremos mais tempo para discutir projetos importantíssimos que estão parados na pauta de votação”, finalizou De Paula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *