Apadrinhamento Afetivo tem nova edição em Barueri

Barueri terá a segunda edição do Programa de Apadrinhamento Afetivo. Iniciado em maio do ano passado, o apadrinhamento atende hoje oito adolescentes com 10 madrinhas e padrinhos.

Mas você sabe o que é o Apadrinhamento Afetivo? É um adulto que terá um compromisso ético e afetivo com a criança ou adolescente e deverá acompanhar de perto o processo de amadurecimento.

Esses jovens tiveram vínculos familiares e comunitários abalados de alguma forma, daí a importância da figura de um adulto de referência que promova um cuidado individualizado. Esse adulto terá a missão de acompanhar e encorajar os interesses e projetos de vida de seu afilhado, além de compartilhar suas conquistas.

Como está implantado

O Apadrinhamento Afetivo foi instituído em Barueri por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Ele está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no Plano de Direito a Convivência Familiar e Comunitária e nas Orientações Técnicas dos Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes.

O programa é apoiado pelo Tribunal de Justiça e pelo Ministério Público. A Sads conta com a assessoria do Instituto Fazendo História, que fará a seleção e qualificação dos padrinhos e das equipes técnicas. O Apadrinhamento consiste em proporcionar um padrinho ou madrinha a uma criança ou adolescente (10 a 17 anos) que está acolhida.

Segunda edição

Para ser um padrinho afetivo é preciso ter inicialmente vontade de ser uma referência na vida de seu afilhado, ter disponibilidade de tempo, participar de um processo de seleção e formação, ter no mínimo 25 anos, não estar no cadastro de adoção, não ter antecedentes criminais, residir em Barueri, na zona oeste de São Paulo ou em Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba ou Carapicuíba e ter a anuência da família concordando com o apadrinhamento.

As palestras iniciais acontecerão nas seguintes datas: dia 20 de agosto, das 19 às 20:45h; dia 26 de agosto, das 19 às 20h45; e no dia 29 de agosto, das 10 às 11h45. Os interessados em participar podem fazer sua inscrição no link: https://docs.google.com/forms/d/1pajQ8Po_39AyUn3pwzIVxVCAeJsI0Khr2Ro2Xzblebs/edit .

Quem é apadrinhado

Uma afilhada de 15 anos diz que muita coisa mudou em sua vida: “acho que todos deveriam participar, porque causa uma mudança na vida deles também, temos alguém para conversar e desabafar, para estar ao nosso lado nos momentos bons e ruins”.

Quer conhecer mais?

Vídeo sobre o Apadrinhamento Afetivo: https://vimeo.com/430010299/cc223af3a6 .

Site do Instituto Fazendo História: https://www.fazendohistoria.org.br/ .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em que podemos lhe ajudar?