Dia D” de vacinação contra a gripe acontece neste sábado

O dia D de vacinação contra a gripe acontece em todo o Brasil neste sábado, 4 de maio. A Prefeitura de Barueri , informa que 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de seis postos volantes em locais estratégicos da cidade, atenderão a população.
Em 2018 Barueri imunizou 52.381 pessoas contra o vírus influenza, atingindo 99,71% da cobertura preconizada pelo Ministério da Saúde. Este ano a meta é vacinar 56.549 pessoas pertencentes ao público-alvo.
Já a Prefeitura de Santana de Parnaíba orienta que os grupos portadores de doenças crônicas apresentem a prescrição médica especificando o motivo da indicação. Segundo a Secretaria de Saúde de Parnaíba, a meta é atingir 30 mil pessoas e quem já tomou em anos anteriores deverá tomar novamente, pois a vacina é anual. Mais informações em Parnaíba pelo telefone 4622-8850.
Osasco  realiza a campanha contra a gripe nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 16h30, durante a semana e haverá postos funcionando neste sábado no Dia D. Os pacientes devem apresentar o cartão de vacina e documento de identificação, enquanto as crianças é preciso levar a caderneta e a certidão de nascimento, os portadores de doenças crônicas devem apresentara prescrição médica, enquanto os professores devem apresentar o contracheque ou crachá.
A Prefeitura de Jandira pede aos moradores que estão entre o público alvo da campanha procurem a UBS mais próxima de casa, que estarão abertas das 8 às 17h. O diretor-técnico da UPA de Jandira, Dr. André Luiz de Miranda Barbosa, lembra que a imunização previne as doenças respiratórias desta época do ano, que atingem principalmente, as crianças, os idosos e as pessoas com problemas crônicos, como rinite, bronquite e asma.  Para receber a dose será necessário levar de documento de identidade e caderneta de vacinação.
A vacina da gripe imuniza contra os vírus influenza A, B e C – os três tipos identificados no País. A campanha na rede pública é destinada a crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 9 meses e 29 dias), gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas até 45 dias após o parto, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, idosos a partir de 60 anos, pacientes crônicos (doenças respiratória, cardíaca, renal, hepática, neurológica, diabetes, obesos, imunossupressão, transplantados e trissomias), policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.
 A vacina está sendo aplicada em todo o Brasil desde o dia 10 de abril e segue até 31 de maio. A mobilização nacional deste sábado serve para reforçar a ação, facilitando para a população que precisa se vacinar, porém tem dificuldade de ir até uma unidade de saúde durante a semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.