GCM e Polícia Rodoviária promovem nova blitz no Rodoanel e Castello

Depois de promover uma blitz semana passada no Rodoanel, a Guarda Municipal de Barueri, juntamente com a corporação da cidade de Itapevi e a Polícia Rodoviária Estadual, fez nova operação nesta quinta-feira (dia 30) nas rodovias da região. A intenção foi apreender drogas e outros ilícitos.

As operações nas rodovias da região de Barueri fazem parte da Operação Narco Brasil, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). A operação acontece de 5 de junho a 11 de julho.

O contingente envolvido na operação realizada na quinta-feira contou com um efetivo considerável, com 15 guardas de Barueri (três esquipes da ROMU – Ronda Ostensiva Municipal), uma equipe do Canil e três motos, mais cinco guardas de Itapevi e outros 12 policiais dos 4º, 5º e 6º Batalhões da Polícia Rodoviária.

A operação foi dividida em duas áreas: no pedágio da Rodovia Castelo Branco, km 16, e também no pedágio do KM 7 da via Anhanguera. Foram abordados caminhões, carros de passeio e motos. O saldo da operação foi a abordagem de 22 Indivíduos, dez veículos, quatros caminhões vistoriados, um veículo apreendido e uma ocorrência de estelionato, com dois suspeitos detidos.

Rodovias e entorno
A parceria com as Guardas, como no caso de Barueri, é importante porque são feitas averiguações nas rodovias, mas também em áreas do entorno das pistas. Muitas delas rotas de fuga de ladrões, principalmente com substâncias proibidas vindas do Paraguai e do estado do Paraná.

As ações integradas se justificam por reunir numa mesma operação as várias características de abordagem feita por cada corporação. Por exemplo, o contingente da Polícia Rodoviária, neste caso do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) apresenta para os guardas municipais as técnicas para fiscalização de caminhões, ônibus e carros de passeio.

Cães farejadores
Já as Guardas Municipais entram com o conhecimento e expertise para atuar nos bairros das cidades onde atuam. Outro aspecto de relevância nas ações em parceria está na participação dos cães farejadores das guardas municipais, que identificam drogas nos veículos, como são os casos de Ayllon, da corporação de Barueri, e de Sienna e Kratos, de Itapevi.

“São incursões que visam meliantes que agem naquelas áreas próximas da rodovia, quando marginais procuram roubar motoristas e se abrigam nessas áreas”, explicou Leandro Hengles Siqueira, coordenador operacional da Guarda Civil Municipal de Barueri.

Para o subinspetor do Comando Operacional da GCM, Edyvandro de Souza Silva, as ações como as desta quinta-feira e da semana passada têm se mostrado eficazes, reduzindo consideravelmente o número de ações criminosas. No Rodoanel, por exemplo, de cerca de 120 ocorrências ao mês, o número caiu para aproximadamente quatro. “A integração das forças de segurança enfraquece o crime organizado e estas ações estão sendo uma evolução em questão de segurança pública”, completou Silva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.